Depoimentos

Ir em baixo

Depoimentos Empty Depoimentos

Mensagem  Ramon em Ter Fev 21, 2012 1:24 am

Depoimentos

Com a Macaca onde ela for

Fazer parte de uma torcida organizada é uma loucura você coloca sua vida em risco por amor a um time que não te dá resposta financeiramente, só que fazer parte de uma torcida organizada é tão grande a emoção, o sentimento que você não vê risco de vida e que vale muito mais que uma conta bancaria cheia.

Inicia a semana e eu já to visando o próximo jogo a próxima emoção, o bonde formado por integrantes da Vila Boa Vista já fica todos agoniados, se ta no serviço não trampa direito se ta na escola não estuda direito fica batucando na carteira imaginando o som da bateria no momento do gol no momento da glória .

Me passa um filme imenso na hora que eu coloco o ingresso na catraca e é liberado , a poucos passos do Majestoso a poucos passos da emoção.

Cada chute, cada lance é uma unha que é retirada é um suor que é acrescentado. Na hora que a macaca faz o gol não tem explicação, você abraça o seu bonde, você abraça aquela pessoa que ta do seu lado que você nunca viu na vida e é um abraço de desejo realizado, abraço de alivio até a próxima batalha.

Meu bonde é um grupo fanático onde a gente se desloca da vila boa vista aonde a macaca for, bonde que não vê esforço pra realiza um sentimento tão grande, pessoas diferentes mas com o único intuito de ver a Ponte Preta entra em campo.

Guilherme - Bonde Vila Boa vista

Quando o ideal é maior que a vida, vale a pena dar a vida pelo ideal...

"Passei as últimas 24 horas pensando em sair da TJP, meu racional dizia saia, meu coração dizia PONTE, minha memória me lembrou, do mesmo bonde que gosto de sair do DIC rumo ao MAJESTOSO, bonde formado por negros, brancos, lixeiros, porteiros, médicos, advogados, estudantes, ambulantes, rappers, roqueiros, honestos e desonestos, mas todos brasileiros, filhos de campineiros ou não.

O bonde que fecha a Moraes Salles com Francisco Glicério, um mar de camisas preto e branco, que quando desce o viaduto Miguel Vicente Cury, a pm fica em alerta, os cavalos da cavalaria empinam assustados com o tremor do asfalto, os motoristas olham apenas para frente com os vidros fechados esperando impacientemente o bonde que não acaba, os amigos gritam PONTE, os inimigos esconde as camisas, nas janelas da Francisco Glicério observando com o ar da inveja de nunca conseguirem formar um bonde daquele tamanho, os ambulantes saindo com suas mercadorias, do ônibus pessoas observam.

O que todas essas pessoas, motoristas, policiais, pontepretanos e a galinhada pensam em comum?

Apenas isso: I FUDEU A JOVEM DOS DICS APARECEU, daí pensei nunca vou abandonar esse bonde, esse clube, essa gigante família que não é grande só em Campinas, é grande em Valinhos, Hortolândia, Sumaré, Indaiatuba, e agora voltando estar nas pistas, é nóis que ta, "QUANDO O IDEAL É MAIOR DO QUE A VIDA, VALE APENA DAR A VIDA PELO IDEAL"

O valor e o peso do nosso bonde pode ser medido através das palavras acima.

Por R... Mendes, um dos fundadores do Comando Jovem dos Dic's.

Provas de amor à Ponte Preta e a TJP

Meu nome é Carlos Alberto mais conhecido como Caio Santiago, tenho 25 anos de idade e 15 anos que eu acompanho a Ponte Preta "RELIGIOSAMENTE". Comecei acompanhando meu padrasto e meus tios que sempre me levavam ao Majestoso desde pequeno, mais só aos 12 anos em 1997 na sensacional campanha do acesso que realmente descobri que era Pontepretano e dos fanáticos!

Eu não perdia nenhuma partida, quando não podiam me levar eu ia sozinho. Em meados de 2000 fui a minha primeira viagem inesquecível ao Maracanã, nem lembro exatamente quando foi, só sei que foi contra o Botafogo e infelizmente naquele jogo perdemos por 3 x 1, mas isso não foi nada perto do que aconteceu comigo a partir desse dia, pois foi a primeira de muitas viagens acompanhando a TJP Maior Torcida do Interior e principalmente a Macaca. Dessas viagens eu gostaria de citar algumas que já fiz, como por exemplo: Florianópolis SC, RJ 2 vezes, Mineirão MG, Couto Pereira e Vila Capanema PR, Beira Rio RS e diversas pelo interior de SP.

Em 2007 fiz minha primeira prova de amor a Ponte Preta e a TJP, fiz uma tatuagem nas costas do “Che Macaco”.

Em 2009 minha segunda prova de amor! Exatamente no dia 02/05/2009 no meu casamento, na hora de escolher a música que eu iria entrar na igreja não pensei duas vezes! seria o Hino da Ponte Preta. Eu conversei com meu primo Rômulo que é músico e ele fez essa coisa linda que vocês podem ver no vídeo abaixo.

Hoje 2010, estamos na torcida para que a Ponte volte ao lugar de onde nunca deveria ter saído, a Serie A do Brasileiro. Vamos lotar ainda mais o Majestoso e empurrar a Ponte ao acesso como já fizemos em 1997, pois essa é a Maior Torcida do Interior e não é a toa, vamos mostrar isso nas arquibancadas fazendo o que a Torcida Jovem mais sabe fazer, que é empurrar a Ponte onde ela estiver.



Caio Santiago, TJP Amor Maior.

Agora sei o que é o amor maior...

Cheguei em Campinas esse ano, vim de Manaus (AM) por conta de minha transferência no trabalho. Quando cheguei, não conhecendo ninguém, os vizinhos foram super amigos e até me ajudaram me mostrando algumas coisas na cidade. Um deles perguntou para que time eu torcia, eu disse que em Manaus (AM) não acompanhava muito futebol. Mas sempre via os jogos do São Raimundo (Manaus-AM) no Campeonato Amazonense (que na boa, é uma várzea). Pois bem, o vizinho que é galinha, me levou pro derby campineiro, fui e entendi o que é o Amor Maior.

Na torcida da galinhada não tinha um negro (e olha que eu olhei bem)... detalhe, eu sou negro. Quando o Galinhada fez um gol vi a "vibração" da torcida dos galinhas e quando a Ponte Preta fez um gol, vi a vibração da torcida da Ponte, principalmente a bandeira da Jovem da Ponte, com a macaco estilo "Che". Mesmo com os galinhas fazendo o segundo gol, vi a Torcida da Ponte Preta muito mais animada do que a Torcida dos galinhas de classe média e pequeno-burgueses.

Ao sair do jogo, uma cerveja gelada sempre é de lei... Então conversando com o vizinho, ele me perguntou: "e aí, vai torcer para o .... ?" eu de pronto respondi educadamente que fiquei feliz em ter ido ao jogo, pois pude ver como é lindo uma torcida tão apaixonada por um time que foi a mais de cem anos, fundado por operários, por negros e por estudantes da cidade de Campinas, o único time que tem um estádio de futebol construído pelos próprios torcedores. E que a partir daquele dia, eu seria macaco.

A torcida da Ponte é fiel (e não precisa de mídia da capital pra dizer isso, como a torcida Gambá tem toda a mídia fazendo o marketing impulsionando essa "marca"). A torcida da Ponte é a mais vibrante e isso é fato, quem foi no derby sabe disso. A torcida da Ponte é a maior do interior, todas as pesquisas de institutos sérios mostram isso.

Eu, estou muito feliz em estar morando agora em Campinas e estou feliz em ser pontepretano.
Dia 16 de janeiro é dia de 10 mil no Majestoso. Vamos nega véia!
Ramon
Ramon
Fundador
Fundador

Mensagens : 122
Data de inscrição : 20/02/2012

https://torcidas-brasil.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum